AGOSTO NO ENCRENCA EM DOBRO


O mês começou comigo comentando (muito esquisito quando três palavras começadas com "c" se sucedem) sobre um monte de coisa que li por causa da maratona. Tem Guerra do Velho, tem Em Algum Lugar nas Estrelas, tem Quinze Dias e tem os quadrinhos Vikings e Corpos.


Nesse vídeo além de falar sobre esse quadrinho fantástico que é Meu Amigo Dahmer, eu também converso com vocês sobre essa nossa curiosidade mórbida e gosto por tomar sustos.


Com muita alegria, comecei esse quadro novo no canal chamado Scifi em Dobro. Minha ideia é sempre explorar dois livros de um mesmo autor em um vídeo com um pouco mais de informação do que costumo fazer. Já to me programando para o próximo!


Falei um pouquinho sobre a história das bruxas na literatura e sobre o lançamento da Darkside: Wytches (com roteiros do Scott Snyder, arte do Jock e publicado originalmente pela Image Comics).


Fui na loja Ugra aqui em São Paulo e comprei alguns quadrinhos nacionais maneiríssimos. Aproveite pra comentar sobre eles nesse vídeo de aquisições.


Finalmente Junji Ito está entre nós ocidentais. Nesse vídeo além de falar de Fragmentos do Horror, falei outros 5 mangás para conhecer a obra desse mangaká incrível.


Blacksad, Condado de Essex, Aâma e Conexão Hirsch. Comentei rapidinho sobre essas leituras que fiz e adorei.


Todo mundo tem suas frescuras relacionadas à livros e HQs. Considero frescura tudo aquilo que gostamos ou não, mas que não influencia na nossa decisão de compra ou experiência de leitura.


Mais um unboxing com resenhas do futuro. Dessa vez falei sobre três quadrinhos da Image Comics (Monstress, Low e Seven To Eternity).


Pra encerrar o mês comentei sobre o terceiro lançamento da Editora Pipoca e Nanquim: Moby Dick (Chabouté). Uma história emblemática contada através dessa arte espetacular.

É isso e até a próxima!

JULHO NO ENCRENCA EM DOBRO


O mês começou com esse projetinho sobre bibliotecas. Assista o vídeo e participe você também (e não deixe de conferir os vídeos da Jotapluftz e da Nati do Redemunhando).


Akira finalmente está entre nós! Confira alguns detalhes da edição que ficou sensacional, além de conversarmos sobre alguns livros muito bacaninhas.


Dois livraços sensacionais! No Mar é algo mais introspectivo e metafórico enquanto As Primeiras Quinze Vidas de Harry August é um livro com um conceito incrível! Excelente pra quem gosta de Ficção Científica.


Tudo o que você precisa saber sobre O Exorcista e o lançamento da DarkSide, Legião. Os livros e os filmes, o que eu acho que vale a pena ler e o que vale a pena assistir.


Também resolvi participar da Maratona Literária de Inverno e mostrei pra vocês minha TBR. Claro que acabei mudando algumas coisas depois, mas...


Vídeo de conversa sobre como tenho dificuldade em dar nota para livros (e séries, filmes, quadrinhos). Me conta se você também tem esse problema e qual é seu método para avaliar um livro!


Papo super legal com o Carlos do Papo Zine sobre os vencedores do Eisner 2017. Tá bem completo o vídeo e cheio de curiosidades bacanas! Confira as duas partes, nos dois canais.


Sobre a invasão britânica nos quadrinhos e o lançamento lindão da Veneta, A Vida Secreta de Londres. Falei também de alguns conceitos malucos que descobri lendo essa coletânea.


E pra acabar o mês eu fiz um unboxing de quadrinhos da Mino que comprei numa promoção na Amazon. Além disse o Arthur do futuro (que agora já tá no passado) falou o que achou de cada um deles.

É isso e até a próxima!

PRECISAMOS CONVERSAR SOBRE BIBLIOTECAS


"As bibliotecas tem a ver com liberdade. A liberdade de ler, a liberdade de ideias, a liberdade de comunicação. Elas tem a ver com educação (que não é um processo que termina no dia que deixamos a escola ou a universidade), com entretenimento, tem a ver com criar espaços seguros e com o acesso à informação. 

Eu me preocupo que no século XXI as pessoas entendam errado o que são bibliotecas e qual é o real propósito delas. Se você perceber uma biblioteca somente como estantes com livros, pode parecer antiquado e datado em um mundo no qual a maioria dos livros impressos existe digitalmente. Mas pensar assim é errar o ponto fundamental. 

Uma biblioteca é um repositório de informação e dá a cada cidadão acesso igualitário a ele. Isso inclui informação sobre saúde. E informação sobre saúde mental. É um espaço comunitário. É um lugar de segurança, um refúgio do mundo. É um lugar com bibliotecários. 

E como as bibliotecas do futuro serão é algo que deveríamos estar imaginando agora. As bibliotecas realmente são os portais para o futuro. É tão lamentável que, ao redor do mundo, nós observemos autoridades locais apropriarem-se da oportunidade de fechar bibliotecas como uma maneira fácil de poupar dinheiro, sem perceber que eles estão roubando do futuro para serem pagos hoje. Eles estão fechando os portões que deveriam ser abertos. Todos nós – adultos e crianças, escritores e leitores – temos a obrigação de sonhar acordado. 

Temos a obrigação de imaginar. É fácil fingir que ninguém pode mudar coisa alguma, que estamos num mundo no qual a sociedade é enorme e que o indivíduo é menos que nada: um átomo numa parede, um grão de arroz num arrozal. Mas a verdade é que indivíduos mudam o seu próprio mundo de novo e de novo, indivíduos fazem o futuro e eles fazem isso porque imaginam que as coisas podem ser diferentes. Eu espero que possamos dar às nossas crianças um mundo no qual elas possam ler, e que leiam para elas, e onde elas possam ser capazes de imaginar e compreender."

Trecho adaptado de uma palestra do Neil Gaiman (leia aqui)

Curte no Facebook

Populares

Seguidores